I Encontro das Cidades dos Afetos

– Auditório Municipal Augusto Cabrita, Barreiro –

8 junho 2017

O Auditório Municipal Augusto Cabrita encheu no I Encontro das Cidades dos Afetos. Amor, Felicidade, Partilha, Amizade e Afetos foram as palavras mais ouvidas e sentidas ao longo do dia 8 de junho.

O Barreiro e Caldas da Rainha são os concelhos pioneiros deste Movimento, deste a celebração do Protocolo, no dia 10 de dezembro de 2014. Às duas autarquias juntaram-se mais oito: Sines, Bombarral, Alcochete, Moita, Montijo, Campo Maior, Peniche e Cascais.

Este primeiro Encontro resultou da parceria da Unidade de Saúde Pública Arnaldo Sampaio, do ACES – Arco Ribeirinho e do Município do Barreiro.

O encontro contou com intervenções de:
Catarina Marcelino – Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade (através de mensagem gravada)
Pacheco Pereira – Político, Professor e Investigador da história contemporânea portuguesa
Nuno Colaço – Presidente da Direção da Hapinez – Centro de Excelência para a Psicologia
Helena Roseta – Deputada da Assembleia da República e Arquiteta

Ao longo do Encontro, foram debatidas, com os respetivos autarcas, ou representantes de municípios, as experiências afetivas de 10 cidades que já aderiram a este movimento: Barreiro, Caldas da Rainha, Sines, Bombarral, Alcochete, Moita, Montijo, Campo Maior, Peniche e Cascais. O debate foi moderado por António Sousa Pereira, diretor do Jornal “Rostos”.

Na sessão de encerramento participaram o Diretor-Geral da Saúde, Francisco George, o assessor para a Saúde do Presidente da República Portuguesa, Mário Pinto, o Delegado de Saúde (cessante) do Arco Ribeirinho Mário Durval, e o Presidente do Município do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho.

©2018 Cidade dos Afetos

Log in with your credentials

Forgot your details?